Benefícios do Chás

Chá de Rhodiola Rosea serve para quê? Veja benefícios e como fazer

beneficios do cha de rhodiola rosea

Conhecida também como Raiz de ouro, a Rhodiola Rosea tem sido um dos compostos naturais mais utilizados em suplementos alimentares. Assim como em compostos fitoterápicos, possuindo inúmeras finalidades que variam desde o tratamento de problemas relacionados com a depressão, a distúrbios no sono e até mesmo o aumento da performance esportiva.

Chá de Rhodiola Rosea serve para quê? Veja benefícios e como fazer

Diante de tantas aplicações hoje existentes na Rhodiola Rosea, cabe-nos conhecer um pouco mais sobre este composto e, se possível, incluí-lo em nosso dia-a-dia a fim de obter melhores resultados.

O que é o Chá de Rhodiola Rosea?

A Rhodiola Rossa é uma raíz, cujo também é conhecida como Raiz de Ouro, Raiz do Ártico ou Raíz Dourada. Ela é pertencente a regiões frias do planeta, como no Ártico, o norte Europeu ou mesmo algumas montanhas na Ásia e na América.

Ela possui esses nomes devido a altíssima eficiência em suas funções, graças aos seus efeitos adaptogênicos, ou seja, substâncias que aumentam a resistência do corpo, e melhoram suas funções vitais.

Substâncias adaptogênicas, de uma forma geral, fazem com que o corpo responda melhor a determinadas situações de estresse, favorecendo pontos, especialmente relacionados com o sistema imunológico.

Chá de Rhodiola Rosea possui inúmeros efeitos, os quais podem ser desde medicinais e fitoterápicos, até efeitos relacionados com o aumento direto ou indireto da performance física (e é justamente por isso que muitos suplementos ergogênicos a utilizam em suas composições).

Propriedades do Chá de Rhodiola Rosea:

Entre as principais propriedades do Chá de Rhodiola Rosea podemos citar: diurético, vermífugo, expectorante, cicatrizante, eupéptico, febrífugo, estomáquico, antirreumático, antidiarreico, aperiente, antiemético, antiasmático, anti-inflamatório interno e externo, entre outras.

Origem do Chá de Rhodiola Rosea:

A espécie é Leonotis nepetaefolia, da família Labiatae, originária da África oriental mas, distribuída na Ásia e em toda a América. Tem uso o chá de suas folhas, a alcoolatura (tintura em álcool e água feita com folhas frescas) e a tintura, tanto para usos internos como externos.

Esta é uma planta bem conhecida de quem mora no campo, interior, sertão – e, como é espécie exótica, estrangeira, invasora e agressiva, se espalhou pelo chão brasileiro em adaptação bem conseguida em todas as condições climáticas. Assim, do nordeste aos campos sulinos, todos podem ter cordão-de-frade pertinho de casa.

Benefícios do Chá de Rhodiola Rosea Para Saúde:

1. Promove a Saúde da Pele:

Embalado com vitamina A e vitamina E, os dois poderosos antioxidantes, esta bebida de Chá de Rhodiola Rosea impacta a pele de uma forma positiva. Junto com as propriedades de hidratação e aperto, o chá proporciona uma nova vida à pele. Reduz as rugas e linhas finas. É um remédio caseiro eficaz para olheiras também.

2. Fortalece o Cérebro:

O Chá de Rhodiola Rosea pode ajudar a retardar o envelhecimento do cérebro e proporcionar benefícios terapêuticos para a função cognitiva.

3. Trata Alergias:

O Chá de Rhodiola Rosea também é um anti-alérgeno eficaz. Permita que o chá infundido esfrie completamente e use-o para enxaguar a área sujeita a erupções cutâneas e alergias. Uma lavagem com Chá de Rhodiola Rosea frio todos os dias vai tonificar a pele. Ele também irá curar danos causados pelo sol durante um período de tempo.

4. Melhora a Memória:

O Chá de Rhodiola Rosea pode aumentar a capacidade de concentração e memorização em um longo prazo. É porque é capaz de estimular a atividade bioelétrica do cérebro que melhora a energia e a memória do cérebro.

5. Atua Como Depurativo:

Consumir regulamente Chá de Rhodiola Rosea vai nos permitir em primeiro lugar de depurar nosso organismo, pois atua no nível do fígado e da vesícula, limpando-os e ativando os demais mecanismos diuréticos, com os quais podemos regular perfeitamente nossa retenção de líquidos. Porém, obteremos tal resultado apenas com a primeira xícara de Chá de Rhodiola Rosea.

6. Melhora a Saúde Mental:

O Chá de Rhodiola Rosea a tem uma longa tradição de ser usado para ajudar a aumentar a resistência, concentração e bem-estar mental.

7. Promove a Saúde Cardíaca:

Chá de Rhodiola Rosea é rico em polifenóis, que são solúveis em água, além de uma série de outros antioxidantes, incluindo o ácido gálico, que também é solúvel em água. Os polifenóis poderia ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, bem como a osteoporose e, possivelmente, até mesmo o câncer.

8. Auxilia na Perda de Peso:

O Chá de Rhodiola Rosea auxilia na perda de peso. Isso ajuda o corpo a queimar gordura como combustível de forma mais eficaz. É porque tem um composto ativo, conhecido como rosavina, que é capaz de desencadear a resposta de queima de gordura no corpo.

9. Chá de Rhodiola Rosea Para Saúde a Digestão:

Os variados ácidos orgânicos presentes no Chá de Rhodiola Rosea, são conhecidos por impulsionar o poder digestivo do corpo. Quanto mais forte for seu sistema digestivo, mais seguro será o trato gastrointestinal à doenças e infecções.

10. Elimina os Radicais Livres:

O composto presente no Chá de Rhodiola Rosea, atua como um antioxidante, eliminando os radicais livres e defendendo o dano às células nervosas. A pesquisa sugere que o salicosídeo também pode suportar o reparo do nervo e, possivelmente, interromper a morte celular prematura.

Como Usar o Chá de Rhodiola Rosea:

A Rhodiola Rossea normalmente é consumida em cápsulas, devido a maior praticidade e adequação das quantidades. Também é muito encontrada em gotas. Porém, não é muito incomum ver a mesma ser consumida em sua forma natural, numa espécie de pó.

 

Chá de Rhodiola Rosea serve para quê? Veja benefícios e como fazer

Cuidados e Contraindicações do Chá de Rhodiola Rosea:

Chá de Rhodiola Rosea não costuma apresentar efeitos colaterais significativos. Entretanto, ela não deve ser ingerida por indivíduos com menos de 12 anos e nem por pessoas as quais possuem problemas renais hepáticos.

Ou estão fazendo o uso de algum medicamento neuroativo, especialmente. Mesmo que o medicamento que você esteja (caso esteja) utilizando não seja neuroativo, é importantíssimo consultar seu médico antes de fazer quaisquer usos.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.