Chá de Erva Silvina – Origem, benefícios e Como Usar!

Revisado por

Bioquímica Farmacêutica pela USP

Especialista do Dr. Saúde

Chá de Erva Silvina – Origem, benefícios e Como Usar! aprenda agora, sobre todos os benefícios desse vegetal para saúde. Além disso, conhecida como erva silvina, esta planta pertence à família das Polypodiaceae e tem como nome científico Microgramma vacciniifolia.

Esta espécie é também conhecida como erva-teresa, silvina, solda, soldinha, dependendo de qual localidade ela aparece. Rica em propriedades, esta planta pode ser usada para tratar problemas de saúde que acometem os seres humanos.

cha de erva silvina origem

Os benefícios do chá de erva silvina para a saúde das mulheres são bastante impressionantes. Com nome científico de Microgramma vacciniifolia, a erva silvina também é conhecida como erva teresa e outros nomes dependendo da região onde se pergunta. Os benefícios desta erva são impressionantes no quesito saúde. Conheça um pouco mais sobre este chá que pode fazer maravilhas pelo seu organismo.

O chá de erva silvina tem propriedades adstringentes, antisentérica, anti-inflamatória geral, com principal atuação nos rins, antinefrítica, antirreumática, balsâmica e diurética. Todas essas propriedades medicinais presentes na erva silvina.

Dão a esta planta muitos benefícios para a nossa saúde. Sendo ela muito boa para quem tem problemas relacionados ao trato respiratório, tais como bronquite, gripes e resfriados constantes, etc.

O chá de erva silvina também é ótimo para tratar inflamações na laringe, além de proteger as veias e o coração. A erva silvina está presente na composição de remédios que tratam de hemoptise, hematúria, gota, reumatismo e também varizes.

A planta também contribui para a estética do corpo, auxiliando no emagrecimento e na desintoxicação do organismo. Além de todos esses benefícios a erva silvina também pode ser utilizada para eliminar as frieiras, as coceiras de pele e as rachaduras aplicando-a topicamente.

Este chá não é muito conhecido e seu uso e pouco difundido, mas os benefícios do chá de erva silvina, principalmente para as mulheres, são muito importantes. Visto que ele é capaz de prevenis doenças reumáticas, que acometem na maioria de seus casos, as mulheres e ainda esteticamente é capaz de evitar o aparecimento de varizes que são doloridas e deixam a aparência das pernas prejudicada.

Propriedades do Chá de Erva Silvina:

  • Adstringente;
  • Antidiarreica;
  • Antidisentérica;
  • Anti-inflamatória renal;
  • Antinefrítica;
  • Antirreumática;
  • Diurética;
  • Balsâmica.

Benefícios do Chá de Erva Silvina Para Saúde:

As propriedades medicinais presentes na erva silvina concedem a esta planta diversos benefícios à saúde do organismo, principalmente quando está relacionado ao sistema respiratório, como bronquite, gripes, tosses, catarros crônicos e resfriados. Além disso, a erva protege a laringe, as veias e também o coração.

Erva silvina é indicada ainda no tratamento de hemoptise, hematúria, gota, reumatismo e varizes. A planta também contribui para a estética do corpo, sendo ideal para eliminar as frieiras, as coceiras de pele e as rachaduras.

Como Usar o Chá de Erva Silvina:

Toda a erva silvina pode ser usada no preparo de seu chá, porém o modo de preparo é diferente. Por exemplo, se for o chá das folhas o processo se dá através da infusão desta parte em água fervente.

Caso a bebida seja feita com as raízes da erva, o procedimento já é outro, sendo por meio da decocção. Ou seja, primeiro machuca as raízes e depois coloca-se em infusão dentro de uma xícara de água fervente por 10 minutos.

Depois de pronto, o chá de erva silvina deve ser consumido logo após esfriar. A dica é ingerir apenas uma xícara desta bebida por dia.

cha de erva silvina

Cuidados com o Chá de Erva Silvina:

Não há registros de nenhuma reação negativa com o uso desta erva para tratamentos no organismo humano. Contudo, antes de fazer uso deste remédio natural, é necessário ter feito alguma consulta com um médico especialista para saber o grau clínico do problema apresentado. Por isso, a dica é nunca se automedicar para não colocar em risco ainda mais a saúde.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Bonina – Origem, Benefícios e Como Usar!

Salicórnia – Origem, Benefícios e Como Usar!