Chá de Mandrágora – Origem, Benefícios e Como Usar!

Chá de Mandrágora – Origem, Benefícios e Como Usar!

Chá de Mandrágora – Origem, Benefícios e Como Usar suas propriedades medicinas de forma simples e natural. Alem disso, a mandrágora, de nome científico Mandragora officinalis, é uma planta medicinal pertencente à família das Solanaceae, sendo também conhecida como mandraque.

Chá de Mandrágora

Originária da região do Mediterrâneo até o Himalaia, esta planta já foi citada por Shakespeare em “Romeu e Julieta”, no livro “A Mandrágora”, de Nicolau Maquiavel, e no filme “Harry Potter e a Câmara Secreta”.

As diversas crendices e lendas que envolvem esta planta se originaram do fato de ela ter uma raiz principal bifurcada muito ramificada, lembrando a forma humana.

O uso da raiz da mandrágora vem de tempos remotos, sendo citada nos textos bíblicos em Gênesis e Cantares.

Nas lendas medievais, as raízes desta planta deveriam ser colhidas em noites de lua cheia e puxadas para fora da terra com o auxílio de uma corda presa a um cão preto.

Se outro animal ou pessoa realizasse essa atividade, a raiz gritaria tão alto que o mataria.

Benefícios da Mandrágora:

Dentre as propriedades medicinais da mandrágora americana estão a sua ação estimulante estomacal, sedativa, purgativa, catártica, hepática, tônica e emética.

Devido às suas propriedades, esta planta é indicada, em pequenas doses, para tratar tosse, bronquite, cólica, hidropsia, biliosidade, dispepsia, fígado, intestinos e doenças de pele.

Chá de Mandrágora:

A parte utilizada da mandrágora americana são as suas raízes.

A planta deve ser usada cuidadosamente, apenas sob prescrição médica.

Para preparar o chá, basta ferver as raízes da planta na água, desligar o fogo e deixar descansando por alguns minutos.

Efeitos Colaterais:

A mandrágora americana é contraindicada para gestantes, podendo causar defeitos genéticos. Em doses elevadas, a planta causa náusea, vômitos, diarreia e inflamação do estômago e intestinos.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

Deixe seu Comentário

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Rafael Cardoso

Com mais de 5 anos de experiência, Rafael Almeida é Graduado em Ciências da Nutrição pela Universidade Ceuma desde 2012. Atua em Atendimento Clínico-Nutricional, com foco no bem estar e qualidade de vida do paciente, através da reeducação alimentar e acompanhamento nutricional, com planos alimentares personalizados, de acordo com o objetivo e avaliação clínica individual, comprometido com o sucesso do tratamento de seus pacientes.

Chá de Marupá – Origem, Benefícios e Como Usar!

Cinchona – Origem, Benefícios e Como Usar!