Benefícios das Plantas

Angico – Origem, Benefícios e Como Usar!

Angico – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, o Angico é nome comum de diversas espécies arbóreas nativas da América Tropical e Subtropical. Uma grande parte dos angicos são brasileiros – uma árvore de boa madeira usada na construção civil, resistente a fungos e insetos por ser amarga. Mas, os angicos também têm uso medicinal, ainda que não comprovado cientificamente, com vasta experiência empírica. Veja tudo sobre esta planta:

Angico

Origem do Angico:

O Angico é uma árvore do gênero Piptadenia. Conhecida pela qualidade de sua madeira, a planta é muito utilizada na fabricação de móveis e de outros objetos que a tem como sua principal matéria-prima. Porém, recentemente, alguns estudos têm comprovado suas propriedades medicinais, que são capazes de atuar no organismo eliminado doenças e tratando outros problemas de saúde.

Benefícios e Propriedades:

O uso desta planta na medicina popular é feito através da extração dos princípios ativos curativos pela casca ou pela goma (resina), por infusão, xarope, maceração ou tintura.

A casca desta planta é rica em taninos, mucilagens e alcaloides que têm ação medicinal hemostática, depurativa, adstringente, cicatrizante e emulsificante peitoral sendo muito indicada para tratar:

  • Tosses, coqueluche;
  • Doenças sexuais, problemas uterinos;
  • Contusões;
  • Reumatismo;
  • Proteção ao fígado e depuração.

O uso medicinal desta planta é empírico, porém, em todas as regiões onde há angico, ocorre uso medicinal de todas essas espécies com semelhante denominação comum.

Como Preparar o Chá do Angico:

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de casca de Angico;
  • 1 litro de água;
  • Açúcar ou mel para adoçar.

Modo de Preparo:

  • Para preparar esse chá de casca de Angico, ferva a água, acrescente as cascas despedaçadas, deixe ferver por 5 minutos.
  • Retire do fogo, abafe e aguarde mais 5 minutos.
  • Coe para usar.
  • Adoçar é opcional.

Efeitos Colaterais:

Os principais efeitos colaterais desta planta incluem:

  • Sedação;
  • Sonolência;
  • Problemas do estômago e nos rins.

Contraindicações:

Esta planta esta contraindicada para mulheres grávidas ou em fase de lactação.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.