Benefícios das Plantas

Adelfa – Origem, Benefícios e como Usar

Adelfa – Origem, Benefícios e como Usar de forma correta. Além disso, a Adelfa possui ricas propriedades medicinais que podem favorecer e beneficiar a saúde do corpo humano. Conhecida popularmente como Adelfa, flor-de-são-josé, loendro entre outros nomes, a Nerium oleander, é uma planta ornamental bastante tóxica que pertence à família Apocynaceae. Consiste num arbusto de tamanho grande que tem entre 3 e 5 metros de altura. As flores dessa planta podem ser brancas, vermelhas ou rosas.

beneficios da adelfa

É uma planta parecida com um arbusto que pode atingir alturas de até cinco metros. Também conhecida pelos nomes de louro ou rosa trinitária, é uma planta nativa da região do Mediterrâneo que se estende à China.

O caule da planta é rígido e de cor verde acinzentada, possui um grande número de ramos que crescem em forma ascendente sem nenhuma ordem precisa. A folha é do tipo laceolada que tem uma veia branca característica no meio que divide a folha em duas partes idênticas.

Adelfa tem uma flor rosa que pode variar em tons de branco. Ela cresce em grupos no final dos ramos. Sua floração é muito abundante e começa no verão. O fruto da planta é dado após a floração, é uma vagem dupla que é muito rica em sementes.

Origem da Adelfa:

Um nome popular curioso que foi dado a Adelfa é espirradeira, trata-se de uma planta arbustiva que pode ter a forma de uma árvore pequena chegando a até 5,0 metros. Uma planta que possui inúmeros ramos adquirindo então uma forma arredondada.

Suas folhas tem forma oval e sua cor é de um verde-escuro bem interessante, a parte interna da folha é de um verde mais claro. Como já dissemos acima toda a planta é tóxica.

As flores que compõem a Adelfa se encontram todas juntas formando racemos no pedúnculo floral que possui terminal nos seus ramos. Essas flores podem ser brancas, vermelhas ou rosas. Uma planta que conta com muitas flores em especial durante as estações do verão e da primavera.

Propriedades da Adelfa:

A Adelfa é uma planta muito tóxica, por isso seu uso é desencorajado em todos os tipos de tratamento. Existem outros remédios naturais que podem servir aos mesmos propósitos sem representar um risco tão alto quanto esta planta em particular.

As folhas desta planta têm uma grande quantidade de glicosídeos, que conferem as propriedades cardiotônicas; além de um conteúdo variado de flavonóides e ácido ursólico.

Os glicosídeos da planta têm efeitos tônicos na musculatura do coração. Em doses baixas, ajuda a fortalecer o coração e a controlar a frequência cardíaca ( analéptico ). As substâncias desta planta podem ser sintetizadas e usadas na indústria farmacêutica. Existem várias apresentações que estão disponíveis para consumo, embora sejam prescritas em todos os momentos sob supervisão médica.

A Adelfa também tem um forte efeito diurético, embora não seja normalmente usado para este fim.

Benefícios da Adelfa Para Saúde:

Previne o Câncer:

Em relação à medicina doméstica e sempre como uso externo, você pode usar inalar esta planta para obter vários resultados. É usada como cataplasma e unção com bons efeitos em úlceras de câncer, contusões e outros.

Mas não é aconselhável preparar infusões ou decoções cuja dosagem seja muito delicada e não deva ser usada como médico.

É Diurética:

Na medicina popular, embora não seja mais usada, exceto em certas áreas africanas que continuam a ser utilizadas como abortivas, foi usado como diurético e cardiotônico .

Melhora a Saúde do Coração:

Esse é um dos ricos Benefícios da Adelfa. Ela ajuda a controlar a frequência cardíaca ( analéptico ). As substâncias desta planta podem ser sintetizadas e usadas na indústria farmacêutica. Existem várias apresentações que estão disponíveis para consumo, embora sejam prescritas em todos os momentos sob supervisão médica.

Ajuda a Espirrar:

Ela age também como um remédio para espirrar, para causar espirros (o pó triturado formado pelas flores e as folhas secas é sugado).

Previne Diversas Doenças:

Hoje, os cientistas estudam os possíveis Benefícios da Adelfa para a saúde, que contribuem para: redução dos sintomas de leucemia, ajuda com cãibras musculares, suporte natural para a epilepsia, asma e paralisia, ajuda para problemas de pele como eczema.

Como Usar a Adelfa:

Seu uso doméstico não é recomendado devido aos altos riscos envolvidos. Geralmente, é uma planta para uso ornamental em muitas casas, onde é preciso ter cuidado para que as crianças mais novas não a consumam.

Onde Encontrar a Adelfa:

A Adelfa é uma planta cuja origem é o norte da África, o leste do Mediterrâneo e o sul da Ásia. Bastante comum em Portugal e também no Brasil tanto por cultivo como por manifestação espontânea.

Uma forma de conseguir que a Adelfa adquira a sua forma de arvoreta é necessário fazer a poda dos ramos inferiores de maneira que o caule consiga ficar mais grosso. O plantio deve ser feito numa cova que seja maior que o torrão. Acrescente em torno de 1 litro de adubo animal de curral por cova. Também é importante adicionar composto orgânico, tudo deverá ser bem misturado.

Como Cultivar a Adelfa:

Para que a Adelfa cresça e se desenvolva corretamente é necessário encontrar um local com boa incidência do sol e cujo solo conte com um teor bom de matéria orgânica além de ser bem drenado. Uma planta que possui ótima resistência a solos que sejam secos ou com salinos. Embora prefira o calor tem boa tolerância ao frio.

adelfa

Efeitos Colaterais da Adelfa:

O que faz da Adelfa tão perigosa é o fato que a planta como um todo é tóxica. Os princípios ativos da sua toxicidade são neriantina e a oleandina. Essas duas substâncias tem elevado valor tóxico. Para que fique mais claro saiba que somente a ingestão de uma folha dessa planta é capaz de levar a óbito um homem de cerca de 80 kg.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.