Benefícios das Plantas

Centáurea é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Centáurea é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios. Além disso, Nativa da Europa esta planta anualmente aflora botões azuis que encanta com tamanha beleza.

E assim como outros elementos naturais, trata-se de um remédio caseiro para diversos problemas que acometem o organismo humano.

Centáurea é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Suas flores são de um tom azul forte e são de bom tamanho, uns 25mm. Quanto ao fruto desta planta, pode dizer-se que também é azul e que apresenta uma leve vilosidade. O florescimento da centáurea dá-se desde o mês de Maio até ao de Setembro. Isto é, na transição entre a primavera e o verão.

As suas folhas têm a forma oval e apresentam uma coloração verde clara. As flores que produz são providas de bracteas e a sua coloração varia entre o rosa claro e o encarnado. Por conter diversos compostos iridóides, esteróis, taninos e flavonoides. A planta é também conhecida por erva-da-febre, erva-do-centauro, erva-de-quiron e centáurea-menor.

História Relacionada a esta Planta:

O nome Cyanus foi dado a essa flor porque segundo uma lenda grega, esse era o nome de um jovem que adorava a flora. Esse jovem gastava muitas horas cultivando essa espécie de flor para seu altar. Quando ele morreu, a deusa colocou o seu nome na flor que ele tanto cultivava.

Muitos de seus familiares também acreditavam que ele tinha sido transformado pela deusa na mesma flor. Já o nome Centáurea é mais antigo e vem do centauro Quíro. Segundo a lenda, ele curou uma ferida que já tinha sido dada como incurável. Quíro cobriu toda a ferida com esse tipo de flor, que ele não conhecia e percebeu que com o tempo ela foi melhorando. Daí também que veio a descoberta para as propriedades medicinais para ferimentos e dores.

Propriedades da Centáurea:

A Centáurea contém pigmentos orgânicos, sendo os mais importantes dos quais a centaurina, a cicorina, a saponina, mucilagens e taninos. Esta flor detém propriedades laxantes, diuréticas e tônicas, sendo indicada no tratamento de úlceras, ferimentos, Aftas e Conjuntivites.

Os princípios ativos da planta são imensos, assim: compostos iridódese: genciopicrina, genciopicrosideo, centaurosideeo, centapicrina, eritrocentaurina, eritaurina, a swertiamarina, dihidrocornina, amarogen-cianina, amarogencrina, gentiopicrina e gencioflavosídeo. Compostos alcaloides como: gentianina, gentianina, gentioflavina, gentianidina.

Centáurea é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Benefícios da Centáurea:

Para fins medicinais dá-se uso à planta inteira e o seu consumo aumenta a produção de secreções gástricas quando usada por algum tempo – que por consequência estimularão o apetite e melhorarão a digestão – sendo este fato que a tornou conhecida sobretudo no combate a estados de anorexia.

A Centaurea cyanus pode ser usada em chás para regular a digestão e tratar perturbações gástricas. No uso externo, serve para preparar banhos destinados a tratar feridas e Conjuntivites, sendo também adjuvante nas loções capilares. O pigmento azul, isolado, é utilizado na indústria cosmética e na coloração de certos medicamentos.

Os princípios ativos que a planta possui e que a tornam favoráveis ao tratamento e combate de úlceras, feridas, eczemas e chagas, dor de barriga, tosse, cansaço, inapetência, estômago, Febre alta e Hepatites. Possui propriedades tônicas. antipiréticas, cicatrizantes e calmantes, coleréticas, hipoglicemiantes e laxantes.

Como Usar a Centáurea:

As flores de Centaurea Cyanus não têm cheiro nem sabor, embora haja quem considere que têm um sabor entre o doce e o picante que lembra o sabor suavizado do cravo. Basicamente, estas flores são usadas para decorar/enfeitar e dar cor, podendo ser consumidas cruas ou cozinhadas. As flores frescas são usadas para condimentar pão, saladas, queijos frescos, gelados… É de salientar que o corante comestível azul, frequentemente utilizado para colorir açúcares e confecções, é obtido a partir desta flor.

Na preparação da flor para consumo, deve-se ter alguns cuidados, como: verificar a existência de insetos, lavar de poeiras com água, mas sem esfregar para não danificar os tecidos celulares e, por fim, destacar as pétalas/florzinhas da corola para serem usadas.

No caso de flores como a calêndula, a cravina, a áster e a Centáurea, é recomendável retirar o núcleo e usar só as pétalas, pois o receptáculo é muito amargo.

Cuidados no Cultivo da Centáurea:

Você poderá cultivar a centáurea em canteiros nos jardins abertos ou cultivar as espécies anãs em vasos ou jardineiras dentro de casa mesmo. Quando são cultivadas em canteiros, elas devem ser colocadas em um solo muito bem adubado e rico em matéria orgânica. As regas devem ser periódicas e se o clima esquentar um pouco mais, elas devem ser intensificadas.

O cultivo da centáurea deve ser feito através de sementes somente. Você precisa apenas fazer pequenas covas e inserir as sementes, regando com um pouco mais de frequência nessa primeira fase da sua plantação. Ao colocar as sementes, cubra com pelo menos 1 centímetro de terra fina pois a semente precisa de escuro total para que germine totalmente.

Centáurea é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Como Preparar o Chá:

Como preparar o chá de centáurea. O chá, feito de um modo simples, é a forma ideal para as pessoas obterem as propriedades positivas da centáurea menor. O gosto do chá é extremamente amargo, contudo, o sabor é responsável pelas características medicinais da planta. Em função disso, a infusão não deve ser adoçada.

INGREDIENTES:

  • 2 colheres (sopa) de centáurea, podendo ser fresca ou seca.
  • 1 litro de água filtrada.

MODO DE PREPARO

  • Misture os dois ingredientes.
  • Leve ao fogo em uma chaleira.
  • Quando ferver, desligue o fogo,
  • Após desligado deixe a mistura tampada e abafada por cerca de 10 minutos.
  • Coe o chá e o mesmo estará pronto para o consumo.

Malefícios da Centáurea:

Gestantes e lactantes devem evitar o uso da planta. Pessoas com problemas no fígado, que sofrem com Hipertensão  e má coagulação sanguínea também devem evitar o uso. A Centáurea não deve ser consumida em excesso, vez que pode causar distúrbios gastrointestinais.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.