Benefícios das Plantas

Janaguba – Origem, Benefícios e Como Usar!

Por Alan Costa, em 06/04/2018 (atualizado em 30/10/2019)

Janaguba – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, da família das Apocynaceae, a Janaguba possui o nome científico Himatanthus drasticus (Mart.) Plumel. Conhecida ainda como tiborna, janaúba, pau santo, raivosa, dona joana, sabéu uma, sucuúba, banana de papagaio, angélica da mata e jasmim manga, ela pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e alguns supermercados.

A planta possui largas folhas verdes e acuminadas e flores alvas. A  Janaguba produz látex com diversas propriedades medicinais e costuma ser utilizada nos tratamentos de algumas enfermidades.

Apesar de não haver comprovações científicas relacionadas a todos os possíveis efeitos positivos do remédio natural à saúde humana, várias vantagens já foram atribuídas ao produto. Vamos conhecer alguns desses benefícios do leite de Janaguba.

Propriedades da Janaguba:

A Janaguba possui propriedades purgativa, analgésica, vermifuga, febrífugo, anti-inflamatória, estimulante do sistema imunológico e cicatrizante.

Quais os Benefícios da Janaguba:

A planta possui propriedades anti-inflamatórias, febrífugas, cicatrizantes, analgésicas, vermífugas e estimulantes. É uma excelente opção para dores musculares, luxações e inflamações em geral, reduzir a febre, aliviar e em alguns casos eliminar furúnculos e feridas, artrite, herpes, problemas do sistema digestivo (como gastrite e úlcera), eliminação de vermes e bactérias, além de ainda auxiliar no tratamento de infertilidade feminina.

Como seus benefícios são muitos, a  Janaguba se tornou popular no país e em algumas regiões a população busca ela para aliviar diversas enfermidades.

É o caso da AIDS e de alguns tipos de câncer que, segundo a crendice popular, a planta auxilia no tratamento aliviando sintomas e evitando a proliferação das células cancerígenas no organismo.

Estes últimos benefícios, no entanto, já são objetos de estudos e pesquisas, mas ainda não foram cientificamente comprovados. É importante ressaltar que se deve sempre ter certeza da utilidade de determinado medicamento seja ele natural ou não para não colocar a saúde em risco ou sofrer algum agravante.

Embora não existam contra indicações, a  Janaguba só pode ser consumida mediante prescrição, orientação e acompanhamento médico, já que doses superiores a 36 gotas de seu extrato podem ser tóxicas para o fígado.

Como Utilizar a Janaguba?

Caso você encontre numa casa de produtos naturais ou em mercados o látex da Janaguba, deverá diluí-lo em água para obter seu leite. Conte 18 gotas do leite e o utilize para ser diluído em um litro de água fria. Ele estará então pronto para ser consumido de forma moderada.

A recomendação é que se tome duas colheres de sopa do líquido preparado após o café da manhã, duas colheres de sopa após o almoço e mais duas colheres de sopa após o jantar. Caso perceba qualquer reação indesejada no organismo, suspenda o uso e busque imediatamente auxílio médico.

Como Fazer Leite de Janaguba:

Diferentemente das outras plantas, não é possível fazer chá com a Janaguba, a parte utilizada é o látex extraído do tronco. Essa substância diluída em água resulta em leite. Pode ser usado via oral ou com compressas.

Dilua o látex obtido em água. Então use 18 gotas de leite para um litro de água fria. Para quem está em tratamento, recomenda-se tomar duas colheres de sopa após as refeições diárias.

Como Usar o Chás e Receitas de Janaguba:

Rasgar a casca do tronco, fazer um ferimento de 10 x 30, mais ou menos, e com uma colher drenar o leite para uma vasilha. Prefira uma árvore grande, já com quase 7 metros, que é seu limite. Colocar em uma garrafa e misturar com água.

Guardar em um ambiente seco e arejado, de preferência frio e você vai notar depois de algum tempo que vai formar uma crosta rosa na parte de cima e na parte de baixo vai ficar o látex branco. Tomar uma xícara pequena 3 vezes por dia (faça por sua conta e risco pois esses relatos não tem comprovação científica), mas na Amazônia eles até vendem na feira essa preparação para a cura do câncer.

Esse leite (da planta) pode ser usado tanto para fazer bebidas curativas internas quanto para passar em machucados e luxações. Em uso tópico também pode ser feito pelas cascas. Assim como os índios dessas regiões onde a planta é nativa fazem, pode ser usada deixando o látex para secar e usar em feridas fazendo o pó, arranhões e etc. ou usar ele fresco mesmo. Lá tem um empesto conhecido como bicheira que a Janaguba cura também.

Sair da versão mobile