Benefícios das Plantas

Tanaceto é bom para quê? para que serve, benefícios e malefícios

Por Alan Costa, em

O tanaceto (Tanacetum parthenium) é uma planta medicinal também conhecida como abaixa-febre (feverfew, em inglês), crisântemo-de-jardim, matricária-comum, quinina-selvagem, rainha-das-ervas, dentre outros nomes populares. Inclui o sinônimo botânico Chrysanthemum parthenium e pertence à família Asteraceae.

História do Tanaceto:

O nome do gênero Tanacetum é derivado de Anthanasis, que significa “imortal”, vez que suas flores são extremamente duradouras.

Da mesma forma, tais flores são ornamentais e, devido à sua resistência, muitas vezes podem se espalhar para grandes áreas da terra rapidamente, sendo consideradas invasivas em alguns habitats.

Benefícios do Tanaceto Para Saúde:

A natureza amaga e fria de tanaceto dissipa fortemente o calor, faz o fogo do fígado descer e ajuda o yang a retornar a sua fonte.

Esta erva é usada no tratamento do impedimento pelo calor, acompanhado de articulações quentes, vermelhas, inchadas e doloridas, com ou sem efusão de calor ou sede.

A natureza a,arga, de drenagem e levemente picante do tanaceto o torna útil no tratamento do impedimento quente e doloroso.

Sua natureza amarga e fria drena sua característica levemente picante ajuda a dispersar a estagnação e a estase que ocorre quando o calor prejudica a dinâmica do que o sangue.

A substância química ativa que lhe confere suas propriedades medicinais chama-se partenolídeo.

Ela inibe a produção e secreção de histamina e prostaglandinas pelo organismo, cuja presença propicia a estados inflamatórios, dolorosos e febris.

Usos do Tanaceto Para Saúde:

Infusão de 2 g de folhas secas em 200 ml de água. Tomar 2 a 3 xícaras (chá) ao dia;

Infusão de 20 g de flores em meio litro de água fervente. Filtrar quando estiver morno e tomar 2 xícaras ao dia: dismenorreia;

Vermicida é necessário usar purgante depois de usar o cravo-de-defunto pois ele paralisa os vermes intestinais (lombrigas e oxiúros), e não chega a matá-los, mas facilita a sua expulsão.

Posologia: Não há nenhuma evidência clínica para guiar uma dosagem específica da catinga de mulata. O uso clássico do óleo como um vermífugo indica o uso de uma dose de 0,1 g/dia.

Malefícios do Tanaceto:

Esta erva deve ser aplicada somente em padrões de repleção ou excesso. Algumas pessoas mais sensíveis poderão apresentar erupções leves e moderadas, geralmente na boca.

Por causa de sua ação amarga, fria e descendente, o tanaceto deverá ser usado com cautela durante a gravidez.

Sair da versão mobile