Benefícios das Plantas

Os 10 Benefícios da Garra do Diabo Para Saúde

Por Alan Costa, em 09/04/2018 (atualizado em 31/10/2019)

Os Benefícios da Garra do Diabo Para Saúde são diversos e variados. Além disso, Harpagophytum procumbens, conhecida como garra do diabo, é uma planta nativa da África que recebe esse nome devido à sua fruta, que é coberta de ganchos que se grudam a animais para espalhar as sementes.

A garra do diabo tem efeitos comprovados nos tratamentos de diversos tipos de dores seu uso interno também é recomendado, em cápsulas do extrato seco ou tintura, para tratar dores de cabeça, dor nas costas, dor de garganta, artrite e tendinite.

Benefícios da Garra do Diabo Para Saúde:

1. Ajuda no Tratamento da Osteoartrite:

Estudos mostram que o uso da garra do diabo reduz a dor e melhora o funcionamento físico em pessoas com osteoartrite.

Um estudo de 4 meses com 122 pessoas com osteoartrite no joelho e quadril comparou a garra do diabo a um medicamento europeu para alívio da dor.

2. Benefícios da Garra do Diabo Para Aliviar Dores:

a garra do diabo também pode ser eficaz contra dores no pescoço e nas costas. Usar oralmente pode diminuir essas dores, isso já foi comprovado em um estudo.

3. Benefícios da Garra do Diabo Para Irritações Estomacais:

Muitos naturalistas recomendam a garra do diabo para tratar irritação estomacal, por causa de seus ingredientes ativos que facilitam a digestão dos alimentos no intestino.

4. Benefícios da Garra do Diabo Para Perda de Apetite:

Muitos naturalistas recomendam a garra do diabo para tratar irritação estomacal, perda de apetite, colesterol alto, gota, dores musculares, enxaqueca, dores de cabeça, alergia e febre.

Preparos tópicos podem ser usados na pele para curar ferimentos, úlceras, bolhas e lesões.

5. Ajuda no Tratamento do Reumatismo:

A garra do diabo estimula os mecanismos de defesa do organismo, além de potencializar os agentes antirreumáticos naturais do corpo auxiliando na eliminação de ácido úrico.

6. Benefício da Garra do Diabo Para Tratamento de Artrites:

As indicações da garra do diabo para tratamentos de artrites constam oficialmente na farmacopeia europeia. É considerada mais apropriada para osteoartrite do que para artrite reumatoide.

7. Alivia as Dores nas Costas:

Tomar a garra do diabo de forma oral parece ser capaz de diminuir a dor nas costas, embora muito dos estudos tenham sido conduzidos de forma não satisfatória.

Em um estudo com 63 pessoas com dor leve a moderada nas costas, pescoço ou ombros, tomar um extrato de garra do diabo ajudou a aliviar as dores.

Em outro estudo, homens e mulheres com dor crônica na lombar que tomaram a garra do diabo relataram que precisaram de menos analgésicos e sentiram menos dor.

8. Indicada Para Tratamentos Anti-inflamatórios:

A garra do diabo é bastante indicada para tratamentos anti-inflamatórios, por causa de seus princípios ativos não esteroidais como acetilsalicílico, diclofenaco, Nimesulida, Piroxicam, etc.

A garra do diabo também parece ter efeito no controle de diabetes, diminuindo os níveis de açúcar no sangue. Entretanto, esses usos da erva não são comprovados.

Outros Benefícios da Garra do Diabo Para Saúde:

  • Também parece ter efeito no controle de diabetes, diminuindo os níveis de açúcar no sangue;
  • Considerada mais apropriada para osteoartrite do que para artrite reumatoide;

Como Utilizar:

Para consumir a garra do diabo, será feito um chá de suas raízes trituradas e limpas, que serão encontradas prontamente em farmácias e lojas de produtos naturais.

Leve ao fogo meio litro de água, juntamente com 200g de raízes da garra do diabo.

Deixe ferver por 10 minutos, então desligue o fogo e abafe o recipiente.

Quando a temperatura estiver adequada, beba o chá, repetindo o procedimento diariamente, duas vezes por dia, ou conforme a posologia do médico.

Efeitos Colaterais e Contraindicações:

A planta garra do diabo não apresenta efeitos colaterais relatados até o momento.

Seu consumo é contraindicado para pessoas que sofram de úlceras estomacais ou duodenais, pois a estimulação de sucos gástricos causadas pela planta poderia agravar o quadro do indivíduo.

Caso sofra alguma das doenças citadas na matéria, cujo consumo da planta garra do diabo seja indicado, consulte um médico especialista de sua confiança para verificar se é possível relacionar o tratamento natural com o tratamento farmacêutico.

Sair da versão mobile