Benefícios das Plantas

Galega – Origem, Benefícios e Como Usar!

Por Alan Costa, em 12/04/2018 (atualizado em 30/10/2019)

Galega – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso, a Galega, também conhecida como arruda-caprária, é uma planta medicinal originária da Europa meridional e oriental e da Ásia Ocidental. Pertencente à família das Fabaceae, trata-se de uma planta perene que cresce em zonas úmidas e quentes, pode chegar a medir até um metro de altura e apresenta folhas imparipenadas, flores de coloração branca, rosa ou violenta, e fruto que contém sementes de cor marrom. Com propriedades diuréticas, a planta Galega pode auxiliar na cura de problemas digestivos e favorecer a transpiração. Veja tudo sobre esta planta:

Origem da Galega:

A Galega, de nome científico Galega officinalis, é uma planta medicinal natural da Europa meridional e oriental e da Ásia Ocidental, pertencente à família das Fabaceae. Também conhecida como arruda-caprária, trata-se de uma planta perene, com folhas imparipenadas, flores de coloração branca, rosa ou violeta, e o fruto é uma vagem que contém umas sementes de cor marrom. A Galega aparece de forma espontânea em lugares que sejam ao mesmo tempo quentes e úmidos.

Em sua composição química são encontradas a galegina, glicosídeos do grupo das flavonas, saponina e taninos. Atualmente sabe-se que várias das substâncias presentes na Galega têm propriedades que reduzem o açúcar no sangue (hipoglicêmica) e favorecem a produção de leite (galactagoga).

Propriedades e Benefícios da Galega:

Nos tempos antigos, esta planta era utilizada para combater a febre e diferentes pestes; atualmente, essa planta faz parte dos remédios naturais utilizados em tratamentos complementares da diabetes, devido à sua propriedade antidiabética.

Por sua ação galactagoga, esta planta é usada para estimular a atividade das glândulas mamárias; e, na aplicação externa, esta planta entra na composição de unguentos cicatrizantes que são empregados principalmente na cirurgia plástica.

Esta planta também possui ação diurética e diaforética, podendo ser de grande auxílio no tratamento de afecções genitourinárias, edemas e casos de retenção de líquidos.

A planta ainda é indicada no tratamento dos seguintes males: peste, febre infecciosa, doença infecciosa, digestivo e constipação crônica por falta de enzimas.

Como Utilizar a Galega:

A planta é mais utilizada na forma de infusão, que é feita com as sementes da planta. Para aumentar a produção de leite nas mães lactantes ou para ser utilizada como antidiabético, basta preparar a seguinte infusão:

Infusão: A infusão de Galega é feita com duas colheres de sopa de sementes trituradas em meio litro de água, ou duas colheres de café de folhas secas em um copo de água. Esquente a mistura até levantar fervura, deixe repousar por alguns minutos, coe e beba a infusão.

Esta planta também é utilizada no preparo de extratos e tinturas, que devem ser utilizadas antes das refeições e administradas com pausas semanais.

Precauções da Galega:

Na aplicação desta planta como antidiabético, pode ocorrer um funcionamento indesejado do princípio ativo da planta, a galegina. Lembre-se que todo e qualquer tratamento, inclusive o natural, só deve ser feito sob recomendação médica.

Sair da versão mobile