Benefícios das Plantas

Dama Entre Verdes – Origem, Benefícios e Como Usar!

Por Alan Costa, em 11/04/2018 (atualizado em 31/10/2019)

Dama Entre Verdes – Origem, Benefícios e Como Usar de maneira correta. Além disso,
Por este nome ou pelo de Dama Entre Verdes, são conhecidas algumas espécies da família das ranunculáceas, originárias da Europa e muito comuns nos jardins, pela beleza e singularidade de suas flores. Dama Entre Verdes é de caule ereto, ramoso, estriado, até 50cm de altura; folhas alternadas, sésseis, multífidas, decompostas em muitos segmentos ou divisões finas, lineares, agudas; flores solitárias, terminais, de 30-35mm de diâmetro, azul pálido ou brancacentas, acompanhadas por numerosos segmentos quase capilares transformados em brácteas persistentes e formando, sob o cálice, como que um invólucro maior que a flor; sépalas oval lanceoladas, unha mais curta que o limbo; constituída por 5 carpelos 1-nervados, lisos, com os ovários soldados entre si e em toda a extensão; sementes trígonas, transversalmente rugosas.

Nas culturas do Chipre a produção de sementes é estimada em 23g por metro quadrado. A Dama Entre Verdes oferece a particularidade de que o epicarpo e o mesocarpo destacam-se do endocarpo, de modo que cada loja primitiva se encontra desdobrada em duas, sendo uma externa, estéril e falsa, e outra interna e fértil, que é a verdadeira.

Os horticultores obtiveram uma variedade de flores azul-celeste (Miss Jekyll), outra de flores brancas e dobradas e, ainda, outra anã, de flores também dobradas, porém cujo porte não excede 30cm, e por isto é a preferida para bordas de canteiros. Veja tudo sobre esta planta:

Origem da Dama Entre Verdes:

A planta Dama Entre Verdes, conhecida cientificamente por Nigella damascena, faz parte da família ranunculáceas. Sua origem é europeia e ela é muito utilizada na ornamentação de jardins e eventos.

Características da Dama Entre Verdes:

Planta de caule ereto, ramoso, estriado; suas folhas são alternadas, decompostas em muitos segmentos ou divisões finas, sésseis, agudas e lineares.

Suas flores são solitárias, terminais e medem de 30 a 35 mm de diâmetro. Suas cores variam entre azul pálido ou branco. Ela pode atingir até 60 centímetros de altura.

Princípios Ativos e Indicações da Dama Entre Verdes:

Os princípios ativos presentes na Dama Entre Verdes são ácido tânico, cafeína, tanino damianina, óleo essencial, princípios amargos pepsina e resina.

Esses componentes são eficientes contra dores de cabeça. Outro uso comum da planta é que ela serve como estimulante afrodisíaco.

O aroma da Dama Entre Verdes é muito semelhante ao do morango. Essa semelhança levou os europeus a utilizar o seu fruto na confecção de sobremesas.

A Nigella damascena ou simplesmente Dama Entre Verdes são “anuais, resistentes, com flores azuis e uma gola de folhagem verde-viva e muito recortada.

Como Cultivar Essa a Dama Entre Verdes:

Na hora de cultivar a espécie, você precisa saber que elas duram bastante em água e seus frutos múltiplos secam com facilidade. Para isso, as flores precisam ser colocadas num armário quente e ventilado ou num forno aquecido.

Se você quiser fazer a conserva da planta para que fiquem frescas, é só as colocar em um recipiente com bastante água. As flores costumam brotar no verão e devem ser colhidas para secagem no início do outono ou no final do verão.

A melhor forma para que isso aconteça sem que ela perca seus nutrientes é pendurando as cabeças da semente e deixar que as mesmas sequem no ar. Depois de secas, você deve guardá-las em um pote de vidro com tampa, longe da umidade e do calor excessivo.

Antes de fazer infusões com a Dama Entre Verdes, procure um médico para que o mesmo dê autorização para que você poder tomar a bebida.

Se o seu interesse for somente cultivar a planta Dama Entre Verdes saiba que ela é resistente ao Sol, mas precisa de cuidados com a relação à quantidade de água. Mantenha o solo sempre úmido, mas não encharcado para que isso não atrapalhe o desenvolvimento da Dama Entre Verdes.

Sair da versão mobile